OS POSITIVOS

velhas tradições

Preliminares: isto não é diss ao Eisner ou Crumb, nem, como o senhor de onde fomos buscar os excertos, baseados nas evidências apresentadas, os temos por racistas - pelo segundo (e terceiro) temos até uma certa estima.

Sendo os comics o nosso material de trabalho aproveitaremos a entrada de hoje de Isabelinho, que continua a recuperar arquivo do baú, para indevidamente o descontextualizar e nessa subtração construir novos sentidos: uma nota em tradição, cultura e sociedade, se tiverem a bondade de nos acompanhar na comparação.

Racismo, aquela tradição centenária que ainda permeia a nossa sociedade com ecos culturais encontrados nos dois casos acima citados: o inevitable "Ebony White" (1948) de Will Eisner e o famously "Angelfood McSpade" (1968) de Robert Crumb. O primeiro defende-se das acusações com um:

I realize that Ebony was a stereotype because I drew him in caricature - but how else could I have treated a black boy in that era, at that time?
In "East of Fifth by Alan Dunn" 13 nov 2018 (original: 3 jun 2011)

O segundo famosamente respondeu com um cartoon (*):

"It's just lines on paper, folks!"
In "East of Fifth by Alan Dunn" 13 nov 2018 (original: 3 jun 2011)

*) "Backcover of his comic book Despair (1970), [onde] Crumb depicted a character named Nutsboy tearing apart a woman and saying 'it's only a comic book, so I can do anything I want' ": racismo não é apenas o único problema (crescente) de Crumb às mocidades que nos chegam à maioridade agora – duplo sentido!.

Salto mental, folks: de "camp tendencies exploiting a racist imagery" como "cultural trash heritage" ao presente, fora os cómicos mas continuando dos nossos eixos centrais. Isabelinho hesita:

The point is that kitsch or no kitsch, camp or no camp, it's a racist depiction and I can't decide who to blame more: Will Eisner who uncritically swallowed his times' imagery or Robert Crumb who reveled in it.
In "East of Fifth by Alan Dunn" 13 nov 2018 (original: 3 jun 2011)

Entre os que só se deixam arrastar uncritically pela tradição dos seus dias, ou os que bramam de peito cheio, reveled na sua herança trashy, chegámos à vaca sagrada. Os "Crumbs" são os extremos mas também os mais raros, comics-wise ou analogias outras, os "Eisners" deste mundo os normies da maioria silenciosa. Pensamos nesses aqui:

Sacred cow defenders usually utter the same excuse that Will Eisner used above. Basically: he's not to blame, he lived in less enlightened times, etc...
In "East of Fifth by Alan Dunn" 13 nov 2018 (original: 3 jun 2011)

Perguntamos: aqueles que tão facilmente se distanciam do racismo de outros tempos, conseguirão no seu presente reconhecer less enlightened times, e distanciar-se de semelhantes -chamam-lhe...- tradições culturais?

SFW: sem gorada, além da tourada, ie.Teaser oficial do "Tauromaquia" de Jaime Alekos 2017.

velhas contralições