OS POSITIVOS

vitória: todos perdem

Os agricultores em protesto ganham uma primeira concessão de Bruxelas, "with the EU announcing a delay in rules that would have forced them to set aside land to encourage biodiversity and soil health." 31 jan 2024

Farmers were expected to keep 4% of their arable land free from crop production in an effort to regenerate the health of the soil and increase biodiversity. Alternatively, farmers could have got an exemption from this “set-aside” rule if they had used 7% of their land for “catch crops” which provide cover for the soil after the main crop is harvested.
in "EU to delay new green rule in bid to appease protesting farmers" 31 jan 2024

A agricultura já ultrapassou a indústria pesada como causa maior da devastação do mundo natural. Que os farmers estejam felizes por dispensados desta regra não nos é motivo de alegria. Apertados em modelos de negócio explorativos, destrutivos, e economicamente falidos — apenas constactamos: a agricultura é uma actividade que dispende mais do que gera no retorno — sem subsídios, não existe agricultura. Por outro lado, precisamos de comer, e estamos literalmente a comer o planeta. Regressamos à tragédia dos comuns:

The tragedy of the commons is a metaphoric label for a concept that is widely discussed in economics, ecology and other sciences. According to the concept, should a number of people enjoy unfettered access to a finite, valuable resource such as a pasture, they will tend to over-use it, and may end up destroying its value altogether. To exercise voluntary restraint is not a rational choice for individuals – if they did, the other users would merely supplant them – yet the predictable result is a tragedy for all.
in Wikipedia 31 jan 2024

O fine print a fazer: as concessões conseguidas por manifestações de rua raramente representam políticas de esquerda, esses são acolhidos pelo melhor que o aparato policial-militar tem para oferecer. Tomem o autor da metáfora acima como metáfora: gente pouco recomendável cujas companhias adivinharão na mesma entrada da Wiki (se não reconhecem o discurso estão com sorte e com azar porque voltou a fazer as rondas):

The principal concern of his essay was overpopulation of the planet. To prevent the inevitable tragedy (he argued) it was necessary to reject the principle according to which every family has a right to choose the number of its offspring, and to replace it by "mutual coercion, mutually agreed upon".
in Wikipedia 31 jan 2024

Sabem-nos eco-terroristas convictos, shorhand mediático para quem está do lado certo desta história: deem-nos a t-shirt e usamo-la. Mas os eco-fascistas rastejam entre nós desde os primórdios e não serão os media a explicar a diferença aos gentios. Nos próximos tempos engrossarão, atenção às companhias, "já não estamos nisto todos juntos" leram num pasquim em ironias meretrizes par de dias atrás. Eco-complicado, mas sejamos racionais: OS POSITIVOS, não vamos simplificar.

calma