OS POSITIVOS

limbo

E um dia depois do dia do trabalhador, arrancamos do incansável funcionário...

A Bedeteca desapareceu, pelo menos aquela que muita gente visitou entre 1996 e 2006. Durante dez anos, a Bedeteca foi um nome dito, usado, lembrado, comentado. Já não é. Quem hoje o visitar no antigo Palácio do Contador-Mor, em Lisboa, e tiver memória, não escapará ao sentimento de desilusão e tristeza. No átrio, na recepção, nas paredes nada de novo se anuncia. Um ano de pandemia não ajudou a Bedeteca, mas os primeiros sinais do desfalecimento começaram há 15 anos. [...] Resta, resistente e solitário, o editor, há anos feito bibliotecário, Marcos Farrajota.
in "A Bedeteca foi uma bela história que se apagou" 2 maio 2021

...para funções comparadas de histórias que cansam. Dez anos depois,

Madefire, a digital comics platform that launched with some fanfare in 2011, is quietly shutting down, leaving many purchases and apps powered by its technology in limbo.
in "Madefire shuts down leaving several digital comics apps in limbo" 29 abr 2021

R.I.P. Madefire, a startup that recruited high-profile artists to reinvent comics for new formats and platforms (...) combining the animation and effects of motion comics with a more traditional reading experience.
in "Digital comics startup Madefire is shutting down" 29 abr 2021

Ao contrário da Bedeteca, frequentámos mais vezes as prateleiras do Madefire — e como nessa, nunca fizemos cartão. Nunca tendo conseguido a aura que a biblioteca de Lisboa mereceu entre os seus leitores — apesar de servir muitos milhares mais que o cult classic de LX, este best seller orçamentado com valores ligeiramente mais generosos ("Madefire had raised $16.4 million in funding") 29 abr 2021 — partilharam de um certo trajecto que começa na inovação e acaba no abandono. O press release encoraja os seus clientes a descarregar "all previously purchased content from the cloud before the end of April 2021" 29 abr 2021, para uma app que entretanto não poderão mais actualizar e ficará à mercê de próximos updates dos sistemas operativos onde correm. Ie: a seu tempo, adeus-ó-livros. Moral à BD digital:

In the end, readers have spoken with their wallets and eyeballs: people prefer free comics, print comics and Amazon (Comixology).
in "Madefire shuts down leaving several digital comics apps in limbo" 29 abr 2021

Talvez o "free + print comix" segure as bibliotecas deste mundo por mais algum tempo. Mas alguém que meta uma sugestão na caixinha destas que deviam fazer-se a uns fundos para licenças do Comixology, e com esse aparato tecnológico talvez seguir os passos da Biblioteca do Congresso norte-américas que já arquiva os free (aka "webcomics")  desde 2017. Brincamos: a Bedeteca nem teve orçamento para arquivar o seu próprio site há 10 anos atrás.

é errado