OS POSITIVOS

se ninguém lê - ninguém escreveu?

« read-a-Gaze »

José Smith Vargas 5 jun 20202

Alegramo-nos quando o pragmatismo vence a teoria, e na Chilli com Carne somam hoje nova vitória com mais um retrocesso em tiros-no-pé infligidos em má hora. Admitindo no próprio título "Porque há leitores deste bloguezine que não leem A Batalha" 6 jun 2020 a falácia da lógica inicial, desta um tal de MMMNNNRRRG publica resenha ao "The Antifa Comic Book" de Gord Hill. Entre "outros pecados" que lhe apontam, comentário à dualidade de comic book e graphic novel com o signatário aparentemente a preferir o novelo gráfico sobre o livro cómico mas admitindo que o primeiro tenha uma maior tradição no punch-a-nazi – e conclui-se com ligação ao Richard Spencer e um post scriptum:

PS - sim esta resenha já saiu há bué da meses num número d'A Batalha, filhotes...
in "Porque há leitores deste bloguezine que não leem A Batalha..." 6 jun 2929

Filhotes, tudo tópicos que já sairam há bué da meses ANOS! por aqui: antifa do Gord Hill 2018, chapada ao Spencer 2017 (com soundtrack!), livro vs novela primeiro do 2020. Mas não vamos bater no ceguinho em actualidades e de "uma tradição de BD pedagógica pouco sofisticada" para o seu contrário, outro texto que ninguém lerá por outra das nossas referências recorrentes em todas as coisas quadradas-em-sequência: Domingos Isabelinho, "The Reading Gaze - 'My' Comics Part One", o livro!

This is part one which contains two chapters: 1. Comics Theory And Criticism and 2. The Expanded Field of Comics. It's a virtual book, for now, but maybe it doesn't matter if it will be a real book someday or not. What really matters is that it exists already and that's enough for yours truly...
in "The Reading Gaze" 4 jun 2020

Mal podemos esperar pela parte três. Excepto que, como o outro, passar-nos-á ao lado: se ignoramos intencionalmente o jornal centenário porque isto de ler notícias em papel era no tempo das avozinhas, aplaudimos esforço de DI em acompanhar tecnologias com um livro digital, hélas o anúncio segue sem qualquer informação sobre onde o encontrar. Em resumo, tanta abundância por todo o lado, e tanta sede porque dessa água não queremos/podemos beber, and that's not enough for yours truly...

escreveram