OS POSITIVOS

MARCOS

o zine

A5 x 40 pag.

Os zines são-nos segunda natureza. Publicamos neles desde ’97 e já devemos ter contribuído para a desflorestação dum pequeno país com os nossos assaltos ao bom gosto alheio, insulto geral às artes e hostilidades várias. Pelo número que têm em mãos não o suspeitarão, mas somos culpados de ofensas repetidas que descarrilaram rapidamente para cima das cem páginas, dobradas muito além da competência de agrafos e provavelmente descartadas tão depressa como foram lidas. Yet, passaram-se um par de anos desde o último zine impresso porque encontramos online um meio mais expedido para alcançar os mesmos objectivos que nos motivaram à edição independente tanto tempo atrás. Um meio não substitui o outro, mas a internet possui uma vantagem deliciosamente maquiavélica sobre o zine para os nossos propósitos, a capacidade de tecer todo um universo de interpretações maleáveis que dificilmente pode ser reproduzido no folha-cola-a-folha-cola-a-folha alinhadas de forma tão permanente. Long story short, o digital tornou-se primeira natureza, e a coletânea que aqui reúne comix one-offs, na sua maioria de 2019, quase todos à laia dum falso non sequitur, coloca-nos um sério problema de concepção: não foram pensados para o formato que agora lês, mas produzidos para a web, divulgados nessa, pressupondo uma leitura na relação aos textos com que dividem a página e, pela natureza não-linear destas, de uma sequência impossível de reproduzir através da paginação tradicional. Obrigados à ditadura do espaço-tempo da folha impressa prosseguimos estratégias habituais subvertendo linhas de tempo e crendo que os P+ serão acérrimos e repetitivos q/b nas suas temáticas para que a intencionalidade original que os dita possa sobreviver ao retalho, quiçá realçando-se leituras que se diluem na avalanche de informação despejada no sítio de sempre. É batota, acusem-nos, mas o zine permite não só um outro tempo de leitura como uma intimidade que o ecrã não favorece, um pessoal-quase-intransmissível que não substitui o online mas possui a vantagem maquiavelicamente deliciosa de encadernar todo um outro universo de interpretações. Seguem-se nas próximas páginas instantâneos de (quase todos) os temas que já se habituaram a esperar de nós, desprovidos de qualquer história per se, a eterna história dos nossos amiguinhos. Parte intrínseca da nossa experimentação com o quotidiano, reserva de sanidade que permitirá aconchegar doses maciças de escárnio e peçonha para com toda a cretinice que no decorrer de uma vida se acumula, velhos hábitos em processo de revolução permanente, um elusivo mas sistemático elo de instantes que traçam passado, presente e futuro. Chamamos-lhe... Humor & Depressão.

"a – b – c" of meaning: how to read os P+ online chronos is done readin'

mais zines