OS POSITIVOS

ladrão de memórias

2 de 3

Parte II da nossa digressão pelo "Memoirs of a Book Thief" de A. Tota e P. Van Hove com sugestões de leitura a trazer-vos à memória o que essa lá entulha. Sobre o teaser anterior a sinopse cruzada às nossas intenções: um jovem poeta acaba por gravitar à companhia de outros poetas que desprezam poesia, no processo torna-se uma pessoa diferente.

pag.8
pag.115

O percurso feito deve-o a personagens do bando de misfits a que chama casa -

it's the first time in my life I'd ever felt at home / i'd never felt as good as I did with those strangers / could it be I'd found myself a new family?
u-too-kind

- e da relação difícil que estes têm com arte:

- Life is art's playground. Making certain choices, living a certain lifestyle, these are already artistic acts. But the most important thing is still refusing to take part.
- Take part in what?
- In anything we didnt choose to do.
art. hurt. $$$.
you've lost me, Gilles. what kind of artists are you, again?

Mergulhemos então na memória do nosso protagonista - que, por razões de spoilers, terão de picar a checkbox.

Aos que se assustam com o long read, um resumo possível em acelerado:


& I'll be ur collaborator

ladramos aqui