OS POSITIVOS

no spoiler!

BOMBA DA SEMANA: vão publicar o Sabrina de Nick Drnaso!
anónimo in "#sabrina_porto" 4 abril 2019

Sabrina é sem dúvida um texto literário surpreendente, uma webcam da tensão deste tempo do Trump e outros animais.
desconhecido :) in A Batalha s/data

Sabrina foi a primeira banda desenhada a ser selecionada para o Booker Prize e tem sido consensualmente aclamada como uma das mais empolgantes e comoventes narrativas dos últimos anos.
in "Sabrina, de Nick Drnaso" 28 mar 2019

Esta é (mais) uma das (boas) surpresas de um ano que ainda só conta pouco mais de três meses, tanto pelo inesperado da sua publicação, quanto pela qualidade da proposta em si.
in "Sabrina" 4 abril 2019

Têm-se somado elogios rasgados à edição 'tuga do Sabrina de Nick Drnaso - mesmo se no processo alguém o tenha acusado de não saber desenhar. Crítica forte, mas há pior: a do próprio Drnaso. O entusiasmo que inicia agora percurso entre as nossas gentes não é partilhado por si, e recuperamos do The New Yorker um long read onde descobrimos pelo próprio que o "ambiente" - ou falta dele... - que torna a bd tão merecidamente marcante poderia ter evoluído em outras direções por um sem número de razões. Pelo fim do artigo, assume mesmo que agora preferia ter guinado para outras escolhas:

Inevitably, Drnaso had fallen out of love again with "Sabrina." (He told me later, "I fucking hate that book. I don’t ever want to look at it again. It was a mistake, and I shouldn’t have done it.")
in "The Bleak Brilliance of Nick Drnaso’s Graphic Novels" 21 jan 2019

E enquanto absorvem o choque, estacada final:

I asked him what his new book was about. He let me leaf through a printout of the twenty or so pages he’d finished so far. The constricted look of "Sabrina" was retreating. The palette was brighter. The white people were no longer all the same color. Many panels had three or more figures in them. "This story won’t be so limited, you know, the way ‘Sabrina’ is really just hopelessly grounded," Drnaso promised.
in "The Bleak Brilliance of Nick Drnaso’s Graphic Novels" 21 jan 2019

Irremediavelmente aterrados, OS POSITIVOS: "a suscitar um riso que não é jocoso nem destitui de gravidade artística os trabalhos apresentados". Recuperamos a tal da atracção irresistível pelo kitsch e adolescente tentação literária:

O leitor desprevenido achará que é um texto críptico; o leitor mais informado sente-se um hermeneuta aplicado; o leitor previdente sente apenas um ligeiro tédio por esta literatura de circunstância.
in "Artista-escritor e vice-versa" 29 mar 2019

Não falamos assim do livro, mas dos que assim falam do livro.

♪ Like an angel who'd been dancing with some devils ♪
♪ I'm a bad girl with hope for better days ♪
♪ My laughter is spiced with mischief ♪
♪ I won't toss salt, kiss it up or pray ♪
♪ When you offer pink or blue, I'll take the blackest ♪
♪ When you offer only two, I'll offer three ♪
♪ When you point me in a direction, I'll run backwards ♪
♪ And at the border of utopia, I'll toast to anarchy ♪
♪ But there's nothing like a lady with buzz saw! ♪
♪ I just might build your house but I just might tear it down ♪
♪ To the witches, to the goblins and the trolls ♪
♪ I'll be coming to recruit your rebel children ♪

não vale o guito