OS POSITIVOS

chasing demons

Este excerto é intencionalmente enganador: o "Demon" do Jason Shiga não é mais uma trip melancólica-existencialista de yet-another-cartoonist em modo blasé.

DEMON aproxima-se no género à aventura & ficção mas com um argumento tão original e uma cadência de acção tão célere -webcomics obliged?- que não conseguimos parar de clicar-clicar-clicar para a próxima página. A história é sobretudo interessante pela mecânica, e não somos alheios à sua combinação com o traço tão característico do autor - um desenho mais convencional ao género e nem teríamos olhado para a coisa além de caso de estudo em webcomics. Mas a sua dinâmica amoral de quase videojogo por níveis sobre uma linha tão dada a essa leitura e tão dogmaticamente sociopata subtrai-a de quaisquer julgamentos: só quem procurar encontrará nesta ausência um substrato para outras leituras.


O censurado? not-punk-enough!

do not care