OS POSITIVOS

stuff

Muito depois de já não andarmos por cá nem ninguém nos recordar aos demais, serão os nossos objectos que nos definirão uma última vez. Datam dos nossos 16/17 anos, e 15/16 respectivamente, se a memória não nos falha. Persistem perdidos entre a tralha que retorna à superfície nas arrumações acidentais. Passam despercebidos entre a quinquilharia acumulada, mas é injusto o seu oblívio: foram peças definidoras, agora reduzidos a meras coisas.

Xtra: fun fact!
A arma de eleição de qualquer eco-terrorista que se preze é legal como uma imperial!
(ou, como um maço de tabaco, enfim, se queremos aplicar uma lógica correlativa para dar o spoiler...)

shhhhhh